CAMPANHA

No ano passado, a campanha humanitária realizada através do blog foi um grande sucesso. Os 100 mil acessos reverteram uma doação de R$ 200,00 à ONG Médicos Sem Fronteiras.
Portanto, vamos repetir o gesto este ano.
A partir do dia 18/02, a cada 500 acessos, R$ 1,00 real será doado a esta mesma ONG.
Encerraremos a campanha no dia 30/11, quando vamos divulgar o total arrecadado.
Um gesto pequeno, mas que poderá fazer a diferença na vida de muitas pessoas. A única intenção, é aliviar sofrimentos.
Contamos com vocês.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

CRESCIMENTO VEGETATIVO EUROPEU


Séculos XVIII-XIX = melhorias no saneamento
   Ø  Rápida queda nas taxas de mortalidade
   Ø  Natalidade não seguiu a queda
   Ø  Houve aumento do crescimento vegetativo

Século XX = urbanização crescente
   Ø  Elevação do padrão de vida
   Ø  Acesso à educação escolar


   Ø  Mulheres no mercado de trabalho



   Ø  Divulgação do uso de métodos anticoncepcionais


   Ø  Redução das taxas de natalidade
            Ø  Queda significativa no crescimento vegetativo

Hoje: nações mais urbanizadas e industrializadas = taxas bastante reduzidas de crescimento vegetativo (abaixo de 0,5%)
Porém: permanecem algumas situações diferentes
   Ø  Albânia = 1% - pobreza e baixa urbanização
CV negativo = mortalidade maior que a natalidade
Exemplos: Lituânia, Bulgária, Rússia, Itália, Alemanha.
Previsão: CV continuará caindo


Consequências:
   Ø  Problemas econômicos
   Ø  Parcela de jovens fica reduzida e falta mão de obra


   Ø  Aumento da parcela de idosos vivendo de aposentadorias
   Ø  Custo de pagamentos da Previdência se torna crescente

Solução:
Ø  Abrir fronteiras para a imigração


Porém: crise atual elevou as tensões sociais e gerou forte xenofobia.





Nenhum comentário:

Postar um comentário